20160203065016

Em solidariedade às categorias locais, a Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (ANSEMP) emitiu comunicado oficial às Procuradorias-Gerais de Justiça dos órgãos ministeriais dos estados de Alagoas e da Paraíba, defendendo posicionamento favorável da gestão ao pleito dos funcionários públicos. Os ofícios foram enviados aos procuradores-gerais Sérgio Jucá e Bertrand de Araújo, respectivamente.

No manifesto de apoio, o presidente da ANSEMP, Francisco Colares, destacou o texto da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, que garante a revisão anual de remuneração dos servidores públicos. Ele também considerou a perda do poder aquisitivo dos salários dos trabalhadores, principalmente em virtude dos atuais índices de inflação no país. “Diante da degradação da qualidade de vida dos trabalhadores e seus familiares, é indispensável que ocorra tal revisão, dentro do que prevê a Carta Magna”, disse.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da sistemática do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação de 2015 foi de 10,67%. Para Colares, a redução real dos vencimentos dos servidores públicos desafia o art. 37, inciso XV, da Constituição, motivo pelo qual a ANSEMP cobra as providências legislativas cabíveis.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here