Em uma ação histórica e inédita na capital mineira, foram realizadas projeções contra a Reforma da Previdência, em uma iniciativa do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Minas Gerais (SINDSEMPMG) e do Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância do Estado de Minas Gerais (SERJUSMIG). A SINDSEMPMG é filiada a Associação Nacional de Servidores do Ministério Público (Ansemp), que também apoiou a iniciativa.

Foram três dias de exibição de grandes projeções de charges de autoria de dois dos mais renomados chargistas do país, Carlos Latuff e Duke, em prédios e espaços públicos de Belo Horizonte. A ação faz parte dos protestos das entidades sindicais representativas do funcionalismo público contra a Reforma da Previdência encaminhada pelo governador Romeu Zema.

Além das charges destes dois gênios, foram projetadas frases como “Zema, combata a sonegação e não o serviço público”, “sem servidor não há serviço público” e “cidadão e servidor público com orgulho, contra as reformas de Zema” que também estamparam os paredões.

As imagens foram projetadas em locais icônicos como o paredão da Serra do Curral e o Edifício JK, além de outros prédios com grande visibilidade em endereços estratégicos e movimentados como Av. Olegário Maciel, Bias Fortes e Via Expressa.

As projeções chamaram a atenção de todos que passavam pelo local transmitindo a mensagem de indignação dos servidores com a proposta de Reforma da Previdência e com o tratamento dispensado pelo Governador Romeu Zema ao funcionalismo público.

O SINDSEMPMG segue firme e unido às demais entidades sindicais no propósito de defender os servidores públicos mineiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here