A campanha nacional contra a Reforma Administrativa do Movimento a Serviço do Brasil, do qual a FENAMP e a ANSEMP fazem parte juntamente com outras 28 entidades, acaba de completar um mês. A comunicação do Movimento a Serviço do Brasil foi criada para atuar em múltiplas plataformas para dialogar com as bases das entidades e a população em geral. Ao longo do primeiro mês de atuação, foram elaboradas peças para painéis de LED, outdoors, vídeos, webinar de lançamento, webinar para servidores sobre os impactos da PEC 32/2020, e criados inúmeros conteúdos para a imprensa e para as redes sociais. A agência InPress Oficina, contratada para realizar a campanha, divulgou nesta semana o primeiro relatório de resultados do Movimento.

A campanha do Movimento a Serviço do Brasil foi lançada no dia 5 de novembro, mas as ações de imprensa começaram já no dia 27 de outubro, com uma nota exclusiva para a Folha de São Paulo. O Movimento teve 39 inserções na imprensa durante o período de 27 de outubro a 30 de novembro. Na avaliação da agência, as publicações foram positivas e alinhadas às estratégias de comunicação sugeridas pela In Press Oficina. O lançamento do Movimento, as projeções elaboradas e os prejuízos da PEC Emergencial e da reforma administrativa para a sociedade foram os principais temas repercutidos. Os porta-vozes participaram de encontros com a imprensa e um webinar de lançamento. Também tiveram artigos publicados no Estadão, no site especializado em política Congresso em Foco e no Le Monde Diplomatique Brasil.

Para pautar a imprensa com as ideias do Movimento sobre a Reforma Administrativa, também foram promovidos encontros com jornalistas dos jornais Folha de São Paulo, O Globo, Estadão, El País, Carta Capital e do canal de notícias online My News. Os porta-vozes receberam um documento com possíveis perguntas e sugestões de respostas, temas propositivos e reativos, e a cada encontro, foram preparados briefings sobre os veículos e perfil dos jornalistas. Com as publicações na imprensa, a InPress Oficina estima que o Movimento obteve um alcance mensal de 210,7 milhões de leitores online. A campanha também atuou no rádio, com a produção de sete matérias. Cinco delas já foram distribuídas para emissoras de  todo o país. 

Focando também na mobilização e engajamento dos servidores públicos na campanha, estão sendo utilizados os canais das próprias entidades que compõem o movimento, além dos criados para a campanha. As ações com a base incluíram a realização do webinar com participação do Toninho do DIAP, envio de newsletters, cards para redes sociais voltados para os servidores, layouts para outdoors para serem trabalhados pelas entidades, entre outras.

Nas redes sociais do Movimento a Serviço do Brasil, em um mês de campanha, foram alcançados resultados expressivos, como 377 mil impressões no Facebook, 241 mil no Youtube e  32 mil no Twitter. Os resultados foram impulsionados pelo investimento em mídia paga nas redes. No Youtube, o anúncio do vídeo de lançamento da campanha já foi visualizado integralmente 109 mil vezes. Ao todo, foram produzidos mais de 30 materiais para as redes sociais, entre cards, vídeos, petições, etc. Para a InPress Oficina, os resultados até aqui são positivos, sobretudo pelo fato de que os principais influenciadores nas redes sobre o tema são a favor da reforma, como Kim Kataguiri e Partido Novo. “Conseguir engajar um público tão amplo em um cenário desfavorável é uma grande conquista para a campanha”, avalia a equipe da campanha.

Para Vânia Leal Nunes, coordenadora da FENAMP, diretora da ANSEMP e diretora-presidente do Sindsemp/MA, os trabalhos desenvolvidos neste primeiro mês foram muitos, diversificados, e tiveram um bom resultado tanto em números quanto politicamente. “Estamos satisfeitos com os resultados, mas conscientes de que ainda há muito a fazer e de que precisamos do engajamento de todos para conseguirmos conscientizar não só os servidores públicos, mas toda a sociedade sobre os impactos danosos da Reforma Administrativa e impedir sua aprovação”, avalia a dirigente.

Confira o relatório completo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here