A FENAMP e a ANSEMP participaram, nesta terça-feira (12), de reunião com o Movimento Nacional dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas (Mosap). O objetivo do encontro foi dialogar sobre a pauta de reivindicações que deve ser apresentada aos candidatos nas eleições deste ano e também estreitar as relações entre as entidades. 

O Mosap já recebe o apoio de diversas entidades sindicais e aborda pautas específicas dos servidores aposentados. A entidade lançou, recentemente, um manifesto onde aborda questões-chave para o setor, como a aprovação da PEC 555/2006, que pretende eliminar a cobrança da contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas. 

Para o dirigente da FENAMP e da ANSEMP, Flávio Sueth, as pautas dos aposentados necessitam de atenção urgente por parte do poder público: “Essa vai ser uma luta cada vez maior, no sentido de que a população está envelhecendo e, no serviço público, temos um agravante que é a substituição da mão de obra de concursados por servidores extraquadro, terceirizados ou com outras formas de contratação. Isso é muito prejudicial porque as contribuições previdenciárias desse pessoal não vão para o mesmo caixa da contribuição dos servidores. Então, isso agrava a situação”, pontuou. 

As entidades nacionais dos servidores do Ministério Público já firmaram seu apoio ao manifesto dos servidores aposentados apresentado pelo Mosap. O documento defende, de forma ampla, os direitos conquistados ao longo dos anos por servidores públicos aposentados e pensionistas. A peça ainda faz um registro das perdas salariais, reivindica a extinção da contribuição previdenciária obrigatória e o retorno da paridade para aposentados e pensionistas.

O objetivo é mostrar aos futuros e atuais parlamentares, as preocupações e dificuldades enfrentadas pelas carreiras, bem como seus inativos. “Os dados indicam que em 15 ou 20 anos isso pode virar uma crise estrutural do país, por isso é importante começarmos essa luta agora”, defende Sueth. 

O diretor de aposentados da FENAMP, Vanduir Abadio Barbosa, está acompanhando de perto a aproximação com o Mosap e defendeu a adesão da Federação ao Movimento: “É preciso nesse momento a conscientização dos servidores ativos, pois, serão os aposentados do amanhã. A inclusão da FENSMP no Mosap, além de dar mais legitimidade à pasta dos aposentados, contribuirá muito com o movimento nas tratativas com o Legislativo Federal e também na organização dos trabalhos propostos”, avalia o dirigente.

Confira a íntegra do Manifesto assinado pela FENAMP e pela ANSEMP:

Com informações: Mosap.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here